Trama do RPG - Resumo
Prólogo
Houve um tempo de guerra que assolou o País do Fogo por inteiro, dizimando famílias, campos e gerações a fio fosse a mando da honra ou do dinheiro. Esta era ficou conhecida como a Era dos Estados Combatentes. Cansados do derramamento de sangue intenso recorrente dentro das dependências do lar, as gerações passaram a adotar medidas de paz e cessar fogo, gerando um tempo de paz depois de anos em guerra.

Para dar um fim a tudo isso, o Tratado de Wakai foi assinado pelas quatorze cabeças dos clãs combatentes - e restantes - na presença do Daimyo Shimitsu, um termo de posse em uma região específica no interior do País, demarcado em quatorze territórios. Devido a convivência frequente das famílias em função da proximidade, a convergência dos territórios era iminente. Um segundo encontro diplomático entre os líderes resulto no que veio a ser chamado pouco tempo depois de União do Fogo, governada simultaneamente por estes, em uma junta democrática nomeada Conselho do Fogo.

Junto desta união nasceu um sistema de organização militar, hierarquizando aqueles que chegassem em determinados níveis de poder em um modelo de poder guiado e determinado pelo Conselho. Enquanto alguns já ganhavam altos postos, a preocupação com a educação das crianças das famílias surgia igualmente e, com isso, nasce a Academia Ninja e os futuros talentos que protegerão a União no futuro.
Instagram do Rikudou!

Ir em baixo
Jin
Genin
Genin
Ficha Ficha : Uchiha Takashi .
Vila Vila : União do Fogo.
Ver perfil do usuário

[RP — O vento e o mar] Empty [RP — O vento e o mar]

em 27.12.18 23:28


Roleplay;
O vento e o mar!
Bakuto estaria sentado em frente ás margens do riacho anterior. O vento dançava em uma velocidade mediana, deixando que tudo farfalhasse, inclusive, que as folhas das florestas se soltassem de suas ramificações e se fossem, voando, livres, com sua liberdade plena e descontrolada. Estava quase anoitecendo, e o sol estava se pondo no horizonte. Aquilo deixava um aspecto alaranjado e forte pela mudança. Mas, o Uzumaki parecia estar meio curvado, estaria este observando algo entre as mãos.

“Aqui. Este é o negócio que te falei. É um papel espacial, que se liga á sua natureza do chakra. Uma vez que isto acontece, seu potencial para a mudança da natureza do chakra será relevada. Leve consigo, quando estiver pronto, você poderá despertar seu potencial. Não deve ser muito difícil fazer isso, Bakuto. Se for, tenho certeza de que encontrará a saída para seu obstáculo. Você é Bakuto Uzumaki da Vila da Folha. Um idiota.” O garoto repassava a mensagem dita por seu antigo mentor, Umyno.

— Então, isto irá revelar meu potencial... — Diria ele, para si mesmo, erguendo o papel com uma das mãos para olhar mais de perto, em frente aos olhos esverdeados. — Mas como faz? — questionava para si  mesmo, fazendo bico e cara feia. Umyno nem sequer havia lhe dado umas dicas, o que deixava o garoto dos Uzumaki um tanto complicado no seu caminho, mas ele poderia descobrir sozinho não é? — Vou ter que descobrir isso sozinho... — Diria ele. Com uma expressão determinada e um pequeno sorriso, ele se levantou.

— Gya! — rugiria ele, erguendo uma das mãos sobre o papel e fazendo uma pose, como se fosse soltar algum poder especial. — Como isso funciona?! — Questionaria a si próprio, coçando a cabeça. — Ayah! — Berraria de novo, fazendo um movimento desengonçado, visando soltar algum poder novamente, e não havia funcionado de novo. Mas que complicado aquilo era. — Kamehameha! — Gritaria ele, jogando os braços para frente, juntando as mãos encostadas em locais opostos, com o papel no meio.

— Ah! Até isso não funcionou. —Ele emburraria a cara novamente. Logo se sentou no chão, colocando uma das mãos abaixo do queixo e começou a tentar pensar. Os olhos fechados e um bico enorme. Ele tinha que se virar mesmo, como um rapaz recém-ingressado no mundo shinobi. Um mundo que não era nada certo, cruel e errado, em que as pessoas não poderiam se sentir seguras. — COMO É QUE FAZ ISSO?! — Gritaria para os ventos, como se houvesse alguém ali, pondo as mãos na cabeça.

Assim, ele se deitou sobre o chão com tudo. Estando largado. Os olhos verdes bateram sobre o céu azulado cheio de nuvens, e ficou ali, observando o mesmo, a vastidão do infinito. Até porque  não sabia como começar, suas engrenagens não haviam começado a rodar, embora ele tentasse faze-las girarem, e não era tão fácil não. — QUE COMPLICADO! — Gritaria ele novamente, erguendo o papel entre os dedos somente para que pudesse dirigir-lhe um olhar cansado, como se não tivesse a mínima ideia do que fazer.

O que eu faço? ” Se questionava.



Informações:
Considerações:

HP: 25/25.
CH: 10/10.
ST: 00/05.

Aparência: [RP — O vento e o mar] 16789879_1370543333017642_703046108670066688_n.jpg?_nc_ht=scontent-sea1-1.cdninstagram.com&ig_cache_key=MTQ1NzYxOTE5ODEwODcyMjc1Nw%3D%3D
Descrição:
Jutsus usados:
Odin
Genin
Genin
Vila Vila : Konoha
Ver perfil do usuário

[RP — O vento e o mar] Empty Re: [RP — O vento e o mar]

em 27.12.18 23:46

—— O amigo conhecido.

Estava retornando para casa após sair do Quartel General. Tinha finalizado uma missão recentemente. Alguns fritos me chamaram a atenção e pareciam vir do campo de treinamento. Aquele timbre de voz não me era estranho. Quando me aproximei o suficiente, pude ver Bakuto se descabelando para fazer algo. Sem pressa alguma, fui me aproximando trazendo as mãos no bolso e um olhar despreocupado, embora estivesse cansado, tinha tempo para reencontrar aquela figura com quem tinha treinado outro dia.

—— Que está fazendo, meu camarada? É Batuko... não... Ba... não... Baki... não... —— coçava a cabeça com uma das mãos e olhava para céu, tentando me lembrar o nome dele. Eram tantas as missões que a memória estava sendo muito exigida nos últimos dias. —— Batuko! Não... não falei isso. Ba... ku... to? —— Cada sílaba eu olhava para o garoto na minha frente, aguardando sua confirmação para prosseguir à sílaba seguinte. —— Ufa! —— suspirei aliviado quando percebi ter pronunciado corretamente.

Vi algo nas mãos de Bakuto, era um pedaço de papel. "Será que tem algum poder? É algum fuinjutsu?" me questionava sem dizer nada, mas afinal, por que não perguntar diretamente: —— O que vai fazer com esse papel, meu camarada? —— Podia ouvir a água seguir seu rumo próximo a nós e ignorei o Uzumaki por alguns instantes, caminhando até a beirada, me ajoelhando. Levei minhas mãos até a água e trouxe uma porção dela, jogando-a em meu rosto. Repeti algumas vezes, deixando até meus cabelos molhados. —— Ah! que refrescante! —— Aproveitava para sorver um pouco do líquido.

Me coloquei de pé e caminhei até Uzumaki Bakuto, agora com um sorriso em meus lábios e uma certa renovação em minha aparência. O cansaço de antes parecia ter sido minimizado por aquela água. —— Deixa eu adivinhar... isso é algum fuinjutsu? —— Ficava olhando-o com olhar curioso, aguardando sua resposta.

hp: 20 | ck: 20 | st: 05

Considerações:
Adquirir elemento Suiton, 01/
300 palavras.
Necessárias ao total: 500.

------

"Coloque a lealdade e a confiança acima de qualquer coisa;
não te alies aos moralmente inferiores; não receies corrigir teus erros."
Confúcio
Jin
Genin
Genin
Ficha Ficha : Uchiha Takashi .
Vila Vila : União do Fogo.
Ver perfil do usuário

[RP — O vento e o mar] Empty Re: [RP — O vento e o mar]

em 28.12.18 0:23


Roleplay;
O vento e o mar!
— Droga... — Resmungaria Bakuto, voltando a ficar o céu, o vasto infinito acima de si. Nenhuma resposta. É, ele teria que descobrir aquilo sozinho. Na verdade, ele estava implorando por uma ajuda dentro de si mesmo, mas a questão é que ninguém poderia ouvi-lo. Ou, ele poderia estar errado de verdade e talvez alguém estivesse por ali por perto para ajudar em seu treinamento. Até uma sombra realmente envolver a si mesmo e ofuscar lhe a luz.

Após o questionamento, Baluto se levantaria novamente, se sentando sobre a grama. — Kafka! Yo. — Ele sorriria como alguém que estaria reencontrando um amigo após um longo tempo. Mas antes mesmo que ele pudesse responder, fora interrompido pelo questionamento acerca de seu nome. Bem, era sempre assim. As pessoas erravam seu nome, e a constar, ele nem era tão complicado de falar ou de escrever. Mas ainda assim, ele riu com as tentativas falhas.

— Sim! Isso aí! — Diria o garoto, erguendo o punho no ar. Realmente, era o primeiro no qual tinha acertado o nome antes mesmo do Gennin o falar. Aquilo era surpreendente ao menos. — Ah bem... Isso aqui... Não é um papel comum... — Diria o garoto, voltando a olhar para o papel, quase esquecera dele ali. Kafka pareceu se distrair e ir até a margem do riacho para se obter um refresco. Bakuto mesmo um sorriso, o seguiu com os olhos verdes até lá, esperando que retornasse para continuar.

— Na verdade não! — Bakuto correria até o outro, tocando lhe o ombro e lhe mostrando o papel, estendendo com sua destra de uma forma mínima para que o Senju pudesse ver. — Isto aqui é um papel especial. Ele não é um papel comum como eu disse antes! Ele mede o seu elemento! Quero dizer, algo assim! O professor me explicou mais ou menos que o Chakra possui mudança. Ele pode alterar sua natureza. Parece que cada ninja possui uma natureza inata dentro de si. — Ele coçaria a bochecha tentando explicar.

— Aí, esse papel tem a função de descobrir qual é essa natureza que você tem, pra você poder dominar ele. Algo assim. — Diria Bakuto, sorrindo. Logo arregalou os olhos, erguendo as sobrancelhas exageradamente. — Ah. Eu tenho mais um aqui! — Ele diria, erguendo a canhota e a deslocando para dentro da camisa preta, direto para dentro da jaqueta, de onde tirou mais um papelzinho e estendeu para o Senju. Era exatamente igual ao que ele segurava.

— Toma! Que tal você treinar junto comigo?! Vai que você aceita, aí podemos ficar mais forte! — Diria Bakuto, com seu jeito caloroso de ser, alegre, gentil, bondoso, amigável, e muitas qualidades positivas que ele tinha para com as outras pessoas, mesmo sendo condenado ao ostracismo e estado de pária por não ter pais, mas havia passado por cima. Mas agora, após tanto tempo sozinho ele descobriu amigos, e estava tudo melhorando.



Informações:
Considerações:

HP: 25/25.
CH: 10/10.
ST: 00/05.

Aparência: [RP — O vento e o mar] 16789879_1370543333017642_703046108670066688_n.jpg?_nc_ht=scontent-sea1-1.cdninstagram.com&ig_cache_key=MTQ1NzYxOTE5ODEwODcyMjc1Nw%3D%3D
Descrição:
Jutsus usados:
Odin
Genin
Genin
Vila Vila : Konoha
Ver perfil do usuário

[RP — O vento e o mar] Empty Re: [RP — O vento e o mar]

em 28.12.18 1:57

—— O amigo conhecido.

O tal papel não era apenas um papel, mas um item utilizado para auxiliar a saber o elemento que o usuário tinha afinidade, ao que parecia, pela explicação do Uzumaki. Ele estendeu a mão e me forneceu um igual ao que ele tinha. Talvez ele tivesse o segundo para caso acabasse perdendo o primeiro ou o destruísse no processo de descoberta. Não sabia dizer ao certo. Estendi minha mão e peguei o papel. Não sabia bem o que fazer com o papel. Na verdade eu não estava entendo quase nada de nada.

—— O que eu devo fazer com isso? —— perguntava curioso enquanto olhava o papel por todos os lados possíveis, buscando alguma marca ou qualquer detalhe que pudesse me dar uma pista. "Bakuto disse que ele mede minha natureza. Bom, se ele vai compreender minha natureza, ele precisa estar em contato com meu chakra? Será isso?" Deixei que meu chakra fluísse por meu corpo e se concentrar em meus dedos até deixa-lo fluir para o papel. Em um instante o papel estava todo úmido, tendo o aspecto de molhado. —— Eita! Veja! Será que minha mão ainda está molhada? AH! E se eu estraguei o papel? Tu tem mais algum outro aí contigo? Diz que tem, diz que tem! Acho que você tem que fluir teu chakra no papel, camarada. ——


hp: 20 | ck: 20 | st: 05

Considerações:
Adquirir elemento Suiton, 02/
300 palavras.
215 palavras.
Necessárias ao total: 500.

------

"Coloque a lealdade e a confiança acima de qualquer coisa;
não te alies aos moralmente inferiores; não receies corrigir teus erros."
Confúcio
Jin
Genin
Genin
Ficha Ficha : Uchiha Takashi .
Vila Vila : União do Fogo.
Ver perfil do usuário

[RP — O vento e o mar] Empty Re: [RP — O vento e o mar]

em 28.12.18 2:36


Roleplay;
O vento e o mar!
Kafka havia recebido o papel com vontade. Agora, o mesmo se indagava do que fazer com o papel. O rapaz olhava de um lado para outro, buscando verificar as possíveis marcas ou alavancas daquele pequeno item entre seus dedos. Rapaz esperto, Bakuto deveria aprender mais com ele. Após um tempo, enquanto estivesse calado, os olhos de Bakuto permaneciam fixos nos possíveis sinais do amigo. Agora, talvez ele descobrisse algo ou não. Esperava que sim.

Assim, os olhos do louro se arregalaram quando viu o que o Senju faria dessa vez. A façanha. Ele fizera um selo e agora estava imbuindo um pouco de seu chakra naquele papel, e portanto, o mesmo estava sendo absorvido pelo objeto. O efeito por detrás disso ligo em seguida foi inovador. O mesmo se umidificou e se tornou papel molhado. Kafka começou a ter um pequeno surto repentino que fez com que Bakuto risse e erguesse as mãos, buscando acalmá-lo. — Calme calme, será que não foi o que tô pensando?! Talvez seja! — Diria, observando o objeto molhado.

Assim, ele negou com a cabeça. — Este era o último, Umyno sensei me deu só dois, o velhote não quis me dar mais uns dois pra ficar com um monte! — Diria o garoto. Até que algo lhe o ocorreu. O que poderia ser? — Kafka! Será que não é o seu elemento?! Se ele ficou molhado, não significa que é Suiton?! Se eu estiver certo, isso é muito legal. — Diria o garoto, como sempre, carismático e alegre. Então foi que a solução havia sido talvez encontrada, dois coelhos numa machadada só.

— Ah. Entendi. — E ele riria. Talvez eles estivessem com os dias em sorte. Bakuto novamente olhou para o papel diante de suas mãos. — Irei tentar agora! Vamos ver o que se sai daqui! Espero não fazer nada de errado! — Assim, ele se preparou. Primeiro ele colocou o papel entre os dedos e na frente do rosto, como se fosse reto e dividisse a face. Depois, ele fez um selo comum, também reto, mas abaixo do queixo, apontado para a boca. Bakuto fechou olhos após isso, se concentrando.

O foco era sua palma. O que precisava ser focado era sua palma. Especificamente a ponta de seus dedos. Assim, ele o fez. Sentindo a energia se deslocar, logo em seguida se ouviu um estalo. Bakuto abriu os olhos e teve um susto. Não acreditando, ele quase largou o papel entre seus dedos. — O papel! — Diria o Uzumaki incrédulo. — Kafka, o papel... Se partiu! — E sim, realmente era verdade. O papel que usará anteriormente agora estava partido ao meio. Talvez ele tivesse feito besteira mesmo.

Novamente ele enfiou uma das mãos no casaco no intuito de verificar se tinha mais algum papel elemental lá dentro da bolsa. Mas, para a infelicidade, não havia mais nada lá. Bakuto trincou os dentes, meio frustrado. — Droga, agora fiz besteira e não tenho outro. O papel já era. — Diria ele, conformado com seu fracasso. Tudo bem, nem tudo era flores, a realidade era dura, e ela atirava em você tudo o que podia lhe fazer cair.



Informações:
Considerações:

HP: 25/25.
CH: 10/10.
ST: 00/05.

Aparência: [RP — O vento e o mar] 16789879_1370543333017642_703046108670066688_n.jpg?_nc_ht=scontent-sea1-1.cdninstagram.com&ig_cache_key=MTQ1NzYxOTE5ODEwODcyMjc1Nw%3D%3D
Descrição:
Jutsus usados:
Odin
Genin
Genin
Vila Vila : Konoha
Ver perfil do usuário

[RP — O vento e o mar] Empty Re: [RP — O vento e o mar]

em 28.12.18 3:30

—— O amigo conhecido.

Juntando as peças do acontecido, minha natureza parecia mesmo ser Suiton, o elemento água. Ambos não tínhamos muita noção do que tinha acontecido, mas algo tinha acontecido. Tínhamos estreitado nossa relação que ia se tornando uma amizade e também parecíamos ter evoluído, mesmo que pouco. —— Agradeço o papel, camarada. Agora que sabemos nossos elementos, logo que nos encontrarmos de novo, terei surpresas para você! Se prepare! —— Virei e fui para casa correndo.


hp: 20 | ck: 20 | st: 05

Considerações:
Adquirir elemento Suiton, 03/
300 palavras.
215 palavras.
72 palavras.
Total: 587.
Necessárias: 500.

------

"Coloque a lealdade e a confiança acima de qualquer coisa;
não te alies aos moralmente inferiores; não receies corrigir teus erros."
Confúcio
Jin
Genin
Genin
Ficha Ficha : Uchiha Takashi .
Vila Vila : União do Fogo.
Ver perfil do usuário

[RP — O vento e o mar] Empty Re: [RP — O vento e o mar]

em 28.12.18 3:42


Roleplay;
O vento e o mar!
— Ahn... Tudo bem! Valeu! Isso é incrível! Até, logo! Eu ainda vou descobrir o meu! Boa sorte trazendo novos desafio! Vou superar você! — Ele batia no ombro de Kafka antes que ele partisse, o observando ir para casa. Depois se virou para observar o papel partido. Após algum tempo, se teve um vislumbre. “Quando o papel se parte, é porque é o vento que você tem. Quando o papel queima, é porque você possui o fogo. Quando ele murcha é porque ele tem a eletricidade. E quando ele se molha, é porque ele tem a água. Para além disso, quando endurece é porque há terra. Juntos, eles formam as quatro naturezas do chakra. Você deve ter uma.” Bakuto agora se lembrava.

Fechou o punho com o papel. — Então... é Fuuton. — E se virou, indo para casa.



Informações:
Considerações:

HP: 25/25.
CH: 10/10.
ST: 00/05.

Aparência: [RP — O vento e o mar] 16789879_1370543333017642_703046108670066688_n.jpg?_nc_ht=scontent-sea1-1.cdninstagram.com&ig_cache_key=MTQ1NzYxOTE5ODEwODcyMjc1Nw%3D%3D
Descrição:
Jutsus usados:


Illyasviel
Administrador
Administrador
Vila Vila : konohatron
Ver perfil do usuário

[RP — O vento e o mar] Empty Re: [RP — O vento e o mar]

em 28.12.18 10:53
Aprovados
@Kafka + 10 de Experiência e Elemento Suiton
@jin +10 Experiência e Elemento Fuuton

------

[RP — O vento e o mar] 002
Conteúdo patrocinado

[RP — O vento e o mar] Empty Re: [RP — O vento e o mar]

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum

Parceiros

Informações