Trama do RPG - Resumo
Prólogo
Houve um tempo de guerra que assolou o País do Fogo por inteiro, dizimando famílias, campos e gerações a fio fosse a mando da honra ou do dinheiro. Esta era ficou conhecida como a Era dos Estados Combatentes. Cansados do derramamento de sangue intenso recorrente dentro das dependências do lar, as gerações passaram a adotar medidas de paz e cessar fogo, gerando um tempo de paz depois de anos em guerra.

Para dar um fim a tudo isso, o Tratado de Wakai foi assinado pelas quatorze cabeças dos clãs combatentes - e restantes - na presença do Daimyo Shimitsu, um termo de posse em uma região específica no interior do País, demarcado em quatorze territórios. Devido a convivência frequente das famílias em função da proximidade, a convergência dos territórios era iminente. Um segundo encontro diplomático entre os líderes resulto no que veio a ser chamado pouco tempo depois de União do Fogo, governada simultaneamente por estes, em uma junta democrática nomeada Conselho do Fogo.

Junto desta união nasceu um sistema de organização militar, hierarquizando aqueles que chegassem em determinados níveis de poder em um modelo de poder guiado e determinado pelo Conselho. Enquanto alguns já ganhavam altos postos, a preocupação com a educação das crianças das famílias surgia igualmente e, com isso, nasce a Academia Ninja e os futuros talentos que protegerão a União no futuro.
Instagram do Rikudou!

Ir em baixo
Angelise
Genin
Genin
Ficha Ficha : Hyuuga Angelise
Vila Vila : União do Fogo
Ver perfil do usuário

[RP] Destinos Empty [RP] Destinos

em 27.12.18 4:15

Angell  Hyuuga

[ HP: 10/10 | CH: 10/10 | ST: 05/05 ]

– Would you do it with me?, heal the scars and change the stars. – foi cantarolando baixinho que a azulada saiu da sua casa, lá no bairro Hyuuga, logo no começo da manhã. – Would you do it for me?, turn loose the heaven within.

Desde que havia chegado à idade para entrar para a academia ninja, já não via mais necessidade de se esconder na floresta ao redor de Konohagakure para melhorar as poucas habilidades que já tinha descoberto em si mesma, vindas do sangue do seu clã; agora ela podia se misturar com outros futuros shinobis e kunoichis para ganhar novos conhecimentos sem medo. Se bem que, dentro do bairro, Angell sempre foi e ainda é tão pouco notada que não deveria nunca ter qualquer tipo de receio de se desenvolver mais. Que diferença faria uma única criança Hyuuga, e da família secundária ainda, se nem as da família principal pareciam receber a devida atenção às vezes? Dizemos, ao menos pelo ponto de vista dela.

Enfim, sem ter mais de ir para a floresta, Angell rumou direto para o centro da vila, mas caminhava tão devagar, para apreciar a movimentação agitada, mas pacífica, do comércio interno da Folha, que já eram quase 12 horas quando ela enfim alcançou a praça em que se encontraria com seu primeiro – e, por hora, único – amigo. Não que os dois tivessem deixado de se encontrar em algum momento, mas, daquele momento de suas vidas em diante, as coisas começariam a ficar mais sérias. E claro que nenhum deles tinha a intenção de abandonar o outro na jornada.

A azulada se senta no primeiro banquinho vazio que avista, e, apesar de estar bem de frente para uma lojinha de livros, não deixa que os mesmos lhe tomem a atenção – por mais difícil que isso seja para ela. Com um suspiro longo e uma pequena ajeitada em sua franja azul, dá sua primeira olhadela para a direita.

– Ever felt away with me, just once that all I need; entwined in finding you one day. – e ela continuaria cantarolando baixo, enquanto olha ao redor, até que Köinzell entrasse em seu campo de visão. – Ever felt away without me; my love, it lies so deep... Ever dream of me...

Eu vi dois caminhos, e criei outro entre eles.
Dito
Estudante
Estudante
Ver perfil do usuário

[RP] Destinos Empty Re: [RP] Destinos

em 27.12.18 14:50
INDIFERENTE AO MUNDO
As madeixas soltas esvoaçavam vigorosamente com o vento, a destra tirou os fios obstruindo seus olhos dourados. Tentou recordar quanto tempo fazia desde da última vez que esteve com a garota de cabelos azulados, e um pequeno sorriso tomou seu lábios. Lembrou do jeito tímido e atrapalhado. — Esse tempo nunca altera, que coisa estranha. — As palavras desconexas não se referia a ventania ou qualquer coisa relacionada com o clima. Os olhos dourados opacos visualizavam o nada, com passos morosos até o centro da vila. A indiferença exalava contra qualquer coisa da folha, não se importava com aqueles pessoas e sistema, ficar por ali é só uma parada antes de chegar em algum outro lugar sem importância.


No horizonte uma mancha azul se sobressaiu, a opacidade dos orbes dourados diminuiu gradativamente até ganharem brilho. Conhecia o motivo daquela cor, e alcançou seu primeiro objetivo. Encontrar a garota que o ajudou quando estava sozinho. A considerava a única com importância naquele local, porém, se perguntassem qualquer coisa específica sobre ela, não teria resposta alguma. Eram próximos e estranhos ao mesmo tempo.


As pernas pequenas do jovem de fios louros interromperam os passos a 5 metros de distância. — Angell... — Se aproximou em um ímpeto e deu um peteleco na testa da Hyuga. — Você demorou! — A acusou. — Precisa me retribuir por te esperar tanto. — O rosto inexpressivo denunciava a espera de sua recompensa pelo atraso.


HP: 1O/1O | CH: 15/15 | ST: OO/O5



"O mundo inteiro é um saco de merdas se rasgando. Não posso salvá-lo. Sei que nos movemos em direção à miragem, nossas vidas são desperdiçadas, como as de todo mundo. Eu sei que nove décimos de mim já morreram, mas eu guardo o décimo restante como uma arma."




Informações:
Considerações:
Bolsas:
Equipamentos:

Angelise
Genin
Genin
Ficha Ficha : Hyuuga Angelise
Vila Vila : União do Fogo
Ver perfil do usuário

[RP] Destinos Empty Re: [RP] Destinos

em 27.12.18 20:24

Angell  Hyuuga

[ HP: 10/10 | CH: 10/10 | ST: 05/05 ]

Apesar dos olhos atentos, Angell estava mantendo a mente completamente distraída, e só percebe isso no momento em que recebe um peteleco bem no meio da testa. Não, nem a aproximação nem o chamado de Köinzell o impediram de surpreender a azulada, e ela, ao sentir o impacto do dedo dele, fecha seus grandes olhos perolados por um instante longo – longo o bastante para ela franzir os músculos do rosto e criar uma bela careta de quem está prestes a chorar. Porém, ao abrir novamente os olhos, ela trata de mudar sua expressão, dando à mesma um ar misto de falta de paciência com frustração, enquanto dá um pequeno passo para trás e leva a destra à própria testa, para acariciá-la de leve.

– Não pense que eu vou tombar só com isso, Köi! – Angell comenta.

E, na sequência, já abaixa de novo sua mão e abre um sorriso tímido, mas verdadeiro, para o amigo, finalmente retornando sua expressão à suavidade de sempre. Primeiro por sequer saber o motivo de chamá-lo por um apelido, se nunca o tinha feito antes e se não tem a mínima ideia dos gostos dele para apelidos. Depois, por reconhecer que realmente tinha demorado a chegar até a praça para encontrá-lo, e, além disso ainda, por não ter como reparar seu erro. Mas, em último – e mais importante! – lugar, por imaginar que Köinzell não fala sério; quer apenas brincar um pouco consigo. ...só é uma pena que não dê para ela ter certeza.

– Se a gente combinar de se encontrar de novo amanhã, eu faço um docinho para você. – a azulada arrisca. – ...ou você não gosta de doces?

Eu vi dois caminhos, e criei outro entre eles.
Dito
Estudante
Estudante
Ver perfil do usuário

[RP] Destinos Empty Re: [RP] Destinos

em 27.12.18 22:22
INDIFERENTE AO MUNDO
Aqueles olhos brancos sempre prende a atenção de Köinzell. Sabia quaae nada sobre o clã da amiga, nunca tinha perguntado sobre ele, a timidez de Angell restringia os assuntos que poderia abordar sem ser invasivo. Criado em um regime autoritário, o mancebo de olhos brilhantes não queria causar algum mal entendido capaz de acabar com a amizade. Coçou a nuca meio desconfortável, não sabia se o peteleco havia ultrapassado algum limite. — Não quis te derrubar. Mas sua atenção está faltando, seus olhos focavam o lugar errado. — Ditou. A aproximação não foi feita de forma sorrateira, o que deveria estar passando pela cabeça da menina...


A recompensa proposta fez o Uchiha ficar envergonhado. Não estava acostumado com tal tratamento, o coração bateu descompassado. A gentileza da garota constratou com a relação distante de seus pais. — Eu não sei. Talvez. — Emoções estranhas e que nunca sentira começaram a surgir dentro de si, e foram suprimidas antes de se desenvolverem. — Por quê seus olhos são tão brancos? — Mudou de assunto, não queria lidar com o desconhecido. — Gosto do seu cabelo. — Setenciou totalmente desconexo com a pergunta anterior.


HP: 1O/1O | CH: 15/15 | ST: OO/O5



"O mundo inteiro é um saco de merdas se rasgando. Não posso salvá-lo. Sei que nos movemos em direção à miragem, nossas vidas são desperdiçadas, como as de todo mundo. Eu sei que nove décimos de mim já morreram, mas eu guardo o décimo restante como uma arma."




Informações:
Considerações:
Bolsas:
Equipamentos:

Angelise
Genin
Genin
Ficha Ficha : Hyuuga Angelise
Vila Vila : União do Fogo
Ver perfil do usuário

[RP] Destinos Empty Re: [RP] Destinos

em 28.12.18 0:05

Angell  Hyuuga

[ HP: 10/10 | CH: 10/10 | ST: 05/05 ]

Em um primeiro momento, nada do que Köinzell diz parece ser novidade para a azulada, principalmente porque ela mesma já sabia bem o motivo de ter sido surpreendida por ele antes de ouvir suas considerações. E também, quais seriam as chances de qualquer um dentro da Folha atacar uma simples estudante da academia ninja?, ainda mais em tempos tão pacíficos quanto os atuais. Mas por que impedi-lo de falar? Ele só tem a intenção de ajudá-la – ao menos, até onde nós sabemos. Fora que não está de todo errado... e estaria menos errado ainda se ambos já fossem ninjas mirins em missão para além dos portões da Folha. Angell suspira baixinho. Já tem o seu primeiro ponto fraco – toda a distração com a tranquilidade ao seu redor – exposto; já tem o primeiro item de uma lista imaginária a treinar em sua jornada.

Quanto às demais palavras de Köinzell... com elas, sim, a azulada se impressiona, ainda mais por serem ditas de forma tão atropelada. Dizemos, o que têm os cabelos e a cor dos olhos dela a ver com ele gostar ou não de doces? E o que têm simplesmente os cabelos e a cor dos olhos dela a ver também? Angell entreabre a boca para responder pelo menos a pergunta do amigo, mas, por alguns segundos que mais parecem uma eternidade, nenhum ruído escapa pela boca dela. Quando ela tenta outra vez, porém, acaba respondendo primeiro ao comentário aparentemente aleatório dele:

– Bom saber que você gosta. P-porque... sabe?, eu gosto também; azul é a minha cor favorita.

Agora Angell desvia seus olhos albinos dos alheios.

– Sobre a cor dos meus olhos... – e então continua. – bem, é a cor mais comum dos olhos de quem nasce no meu clã, por causa do nosso doujutsu, o Byakugan. Quando ativamos esse doujutsu, nós ganhamos um jeito completamente novo de ver o mundo. Muitas coisas que olhos “normais” não conseguem enxergar, o Byakugan consegue... e eu acho que é por isso que o clã tem tanto cuidado com ele.

Neste momento, a azulada se cala de novo. Tinha acabado de revelar a Köinzell que o clã Hyuuga tem muito cuidado com o seu doujutsu, sim, mas talvez não devesse tê-lo feito. Ora, mesmo sendo um amigo, Köinzell ainda é quase que um completo estranho a ela, e apenas o fato de ele ser seu conterrâneo não deveria ser suficiente para que ele obtivesse tantas informações importantes assim sem mais nem menos. E se ele não fosse confiável? E se esse tempo que os dois já passaram juntos tiver sido só alguma forma estranha que ele encontrou de agradecê-la pela ajuda anterior? E se tivessem descoberto a proximidade dele com ela e o feito de espião, ou algo do tipo?

– ...por que a pergunta? – ela murmura de repente.

Eu vi dois caminhos, e criei outro entre eles.
Dito
Estudante
Estudante
Ver perfil do usuário

[RP] Destinos Empty Re: [RP] Destinos

em 28.12.18 0:31
INDIFERENTE AO MUNDO
A confusão no rosto da menina causou espanto no Uchiha também. Pelo que parece, havia tocado em um assunto proibido e as poucas palavras mostraram o receio de Angell com ele. Normal, pessoas possuem peculiaridades e são diferentes uma das outras, e o modo de criação também diverge. Recordando sua própria infância, e seu clã desconfiado. — Cuidado excessivo com os olhos e um clã dominador, isso me parece familiar. A mente do mancebo divagou. Os olhos dela são provindos de uma linhagem sanguínea, havia mais coisas em comum entre eles do que imagonara.

A pergunta depois da sucinta explicação causou surpresa. Por que ficaria tão esquiva só por causa do comentário sobre os olhos e cabelos dela? Eram pessoas pertencentes da mesma vila, e não tinha motivos para ser tão cautelosa. — Eu só achei seus olhos bonitos. E são estranhos, sem cores. Os sentimentos voltaram a fluir, e Köinzell corou por um breve momento. Não sabia o que falar ou como se defender. Os batimentos aumentaram, sentia o sangue correr mais rápido, mas ficou sem reação.


HP: 1O/1O | CH: 15/15 | ST: OO/O5



"O mundo inteiro é um saco de merdas se rasgando. Não posso salvá-lo. Sei que nos movemos em direção à miragem, nossas vidas são desperdiçadas, como as de todo mundo. Eu sei que nove décimos de mim já morreram, mas eu guardo o décimo restante como uma arma."




Informações:
Considerações:
Bolsas:
Equipamentos:

Angelise
Genin
Genin
Ficha Ficha : Hyuuga Angelise
Vila Vila : União do Fogo
Ver perfil do usuário

[RP] Destinos Empty Re: [RP] Destinos

em 28.12.18 1:16

Angell  Hyuuga

[ HP: 10/10 | CH: 10/10 | ST: 05/05 ]

Mais uma vez as palavras de Köinzell impressionam a azulada, não mais só por serem contraditórias e aparentemente sem conexão umas com as outras, mas também por darem a entender que ele sabe de... algo a mais. É como se ele entendesse a situação que ela sequer terminou de explicar, e tão bem a ponto de contá-la por si mesmo. Mas isso por acaso poderia fazer sentido?

– Você já sabia sobre o clã Hyuuga? – ela arrisca perguntar. – Ou... estava falando de alguma outra coisa?

Angell pende um pouco a cabeça para o lado, finalmente voltando a encarar Köinzell diretamente. ...mesmo depois de ele lhe ter dito, além de gostar dos seus cabelos, que acha seus olhos bonitos. E como ela conseguiria não corar com tantos elogios em tão pouco tempo? Logo ela, que praticamente nunca nem existiu, até encontrar aquele menino todo estropiado na floresta...

– E... só para você saber... – ela volta a murmurar. – coisas estranhas costumam não ser boas, e coisas “sem cor”, principalmente olhos, costumam não ser bonitos. Eu não entendi bem o que você quis dizer agora...

Eu vi dois caminhos, e criei outro entre eles.

Dito
Estudante
Estudante
Ver perfil do usuário

[RP] Destinos Empty Re: [RP] Destinos

em 28.12.18 8:02
INDIFERENTE AO MUNDO
Agora não conseguiu conter o riso, a garota não sabia receber elogios e mostrava ter uma auto-estima enfraquecida. — Não, você está errada. Coisas estranhas são as mais interessantes, e seus olhos sem cores, para mim, são como telas esperando serem pintadas com as mais belas paisagens. Tudo depende de como se usa sua estranheza. Você não deveria ser por a margem. — A brisa bateu por de trás do corpo mirrado de Köinzell e fez seus cabelos cobrirem todo seu rosto. Por um momento perdeu o contato visual com a menina.

Os cabelos azuid dela lembrou o seu próprio, algo que o difere em muito com os membros costumeiros de seu clã. — Eu nunca soube muito sobre os Hyuugas, mas o meu próprio clã tem olhos amaldiçoados.  Seus batimentos voltaram a acelerar, encontrar outra pessoas com problemas semelhantes, obrigada a cuidar de algo que não pediu para ter, e ter suas ações restritas contra sua vontade o fez sentir uma grande raiva. Seus olhos brilhavam em fúria.  — Seu clã, eles te tratam mal por causa dos olhos?  Seu tom de voz quase não conseguia esconder sua raiva.


HP: 1O/1O | CH: 15/15 | ST: OO/O5



"O mundo inteiro é um saco de merdas se rasgando. Não posso salvá-lo. Sei que nos movemos em direção à miragem, nossas vidas são desperdiçadas, como as de todo mundo. Eu sei que nove décimos de mim já morreram, mas eu guardo o décimo restante como uma arma."




Informações:
Considerações:
Bolsas:
Equipamentos:

Angelise
Genin
Genin
Ficha Ficha : Hyuuga Angelise
Vila Vila : União do Fogo
Ver perfil do usuário

[RP] Destinos Empty Re: [RP] Destinos

em 28.12.18 21:38

Angell  Hyuuga

[ HP: 10/10 | CH: 10/10 | ST: 05/05 ]

– N-não! – Angell de repente se exalta. – C-claro que não...!

Sua conversa com Köinzell parecia fluir perfeitamente bem, apesar das pequenas crises de vergonha de ambos em momentos alternados, até que chega a este ponto. Não seria possível que ele soubesse tão pouco sobre o clã dela como tinha acabado de dizer, se faz tantos comentários e perguntas tão tendenciosas agora.

...a menos que tenha sido a brisa. Sim, a brisa! Claro! Mesmo a azulada tendo quase a altura de Köinzell, a própria cabeça dele devia não ter barrado toda a ventania, e o que acabou passando pela dita cuja mexeu com a franja de Angell, que não deveria nunca ser bagunçada de nenhuma forma possível. Os olhos perolados dela se arregalam só de esse pensamento passar por sua cabeça. E, em um movimento rápido e repentino, ela torna a levar a destra até a testa, mas não mais para acariciá-la, e sim para checar se os fios azuis da sua franja já voltaram aos seus lugares certos. Porém, não consegue ter certeza nem de um sim nem de um não, talvez por ainda estar um tanto assustada com a situação toda.

– Não... não é que eles me maltratem... – ela torna, tentando se recompor. De uma forma ou de outra, não teria como mentir para o amigo; mais cedo ou mais tarde ele descobriria, se não por acabar vendo o que ela tanto tentou esconder por debaixo de sua franja, por desconfiar da agitação repentina dela e pressioná-la a contar. – É uma regra do clã - eu acho - que só quem nasce no ramo principal, que são tão poucos, não precisa ter o Byakugan limitado. Mas sim... isso é justamente por causa dos olhos; é para proteger o Byakugan.

Eu vi dois caminhos, e criei outro entre eles.

Dito
Estudante
Estudante
Ver perfil do usuário

[RP] Destinos Empty Re: [RP] Destinos

em 28.12.18 21:54
INDIFERENTE AO MUNDO
As palavras da garota não podiam esconder o real significado. A pergunta de Köinzell foi respondida, e como ele suspeitava, os hyuugas não eram pessoas boas como seu clã. A fúria voltou a surgir, desta vez mais forte como uma onda batendo contra as rochas na ressaca. Cerrou os punhos e ficou em silêncio por um bom tempo. — Eles... Você não precisa seguir as regras deles, criar um caminho só seu. Eu faço a frente para você, não precisa se preocupar. — Sua mão destrou voltou a ser erguida, mas vacilou em desferir um novo peteleco. Havia algo na testa dela que a incomodava. O peteleco de antes não devia te-la machucado...

Segurou delicadamente a cabeça dela, como podia, e alisou as madeixas azuladas. — Qual o motivo de tanta proteção para seus olhos?  O tom firme demonstrava o interesse pelo doujutsu. Queria saber o que tinha que ser tão protegido ao ponto de causar sofrimento em Angell.


HP: 1O/1O | CH: 15/15 | ST: OO/O5



"O mundo inteiro é um saco de merdas se rasgando. Não posso salvá-lo. Sei que nos movemos em direção à miragem, nossas vidas são desperdiçadas, como as de todo mundo. Eu sei que nove décimos de mim já morreram, mas eu guardo o décimo restante como uma arma."




Informações:
Considerações:
Bolsas:
Equipamentos:

Angelise
Genin
Genin
Ficha Ficha : Hyuuga Angelise
Vila Vila : União do Fogo
Ver perfil do usuário

[RP] Destinos Empty Re: [RP] Destinos

em 28.12.18 22:29

Angell  Hyuuga

[ HP: 10/10 | CH: 10/10 | ST: 05/05 ]

Por um longo instante, depois de o amigo terminar de falar, Angell permanece quieta, tanto para apreciar as carícias que recebe dele quanto para pensar com mais cuidado em como responder ao que ele lhe havia perguntado desta vez. Não que seja lá algo tão complexo, mas é um assunto que, de alguma forma, incomoda a azulada.

– Como eu te falei antes, o Byakugan, quando ativado, dá aos seus usuários uma visão completamente diferente de tudo. – ela comenta baixinho, como quem precisa fazer segredo. – Com ele, o usuário pode ver através de coisas sólidas - tipo paredes - até uns bons metros de distância, e em 360º, fora por um pontinho cego na nuca. E, mais importante, o Byakugan enxerga o fluxo de chakra e os tenketsus, e é com base nisso que o clã Hyuuga luta.

Angell abaixa um pouco a cabeça, mas mantém os olhos erguidos, pousados nos de Köinzell. Ao mesmo tempo, leva a mão direita, ainda em sua testa para debaixo da sua franja azul, e a afasta para cima, revelando por completo o seu selo amaldiçoado. Se Köinzell ainda não o tivesse visto, agora pode fazê-lo; se já o tivesse visto, agora pode se atentar mais a ele.

– Esse selo aqui é tudo que limita o Byakugan dos membros da família secundária. – ela finalmente revela. – Quando nós morremos, o selo desaparece e o Byakugan e os seus segredos ficam protegidos. E... é isso.

Eu vi dois caminhos, e criei outro entre eles.

Dito
Estudante
Estudante
Ver perfil do usuário

[RP] Destinos Empty Re: [RP] Destinos

em 29.12.18 16:09
INDIFERENTE AO MUNDO
A hyuuga respondia sem poupar palavras e segredos, revelando tudo sobre seu doujutsu, até mesmo sua fraqueza. Os olhos dourados do pequeno brilharam ao recever tanta informação, savia que poderia adquiri-las conforme se tornasse mais forte e experiente, porém, a amiga mostrou um novo mundo a ele. — Seus olhos não são sem cor, na verdade, eles são os olhos mais bonitos que já vi. — Um sorriso faceiro brotou nos lábios do Uchiha, encarava com intensidade a garota parada a poucos centímetros dele.


A sensação de confiança e amizade perdeu cor quando Angell revelou o selo em sua testa, e toda a raiva que tentava contertom firme demonstrava o interesse pelo doujutsu.  dentro de si explodiu como um vulcão em erupção. — Eles fizeram isso com você? Ousaram te tratar como uma propriedade? — Não conseguia mais disfarçar o ódio em sua voz contra o clã hyuuga. — Existe algum jeito de remover esse selo de você? — Questionou o mancebo.


HP: 1O/1O | CH: 15/15 | ST: OO/O5



"O mundo inteiro é um saco de merdas se rasgando. Não posso salvá-lo. Sei que nos movemos em direção à miragem, nossas vidas são desperdiçadas, como as de todo mundo. Eu sei que nove décimos de mim já morreram, mas eu guardo o décimo restante como uma arma."




Informações:
Considerações:
Bolsas:
Equipamentos:

Angelise
Genin
Genin
Ficha Ficha : Hyuuga Angelise
Vila Vila : União do Fogo
Ver perfil do usuário

[RP] Destinos Empty Re: [RP] Destinos

em 29.12.18 19:10

Angell  Hyuuga

[ HP: 10/10 | CH: 10/10 | ST: 05/05 ]

Angell quase consegue voltar a sorrir com a proximidade que o amigo ia (e ainda vai) tomando de si, sendo assim tão carinhoso e gentil, como ninguém nunca tinha sido consigo antes; revelando, mesmo que em pouquinhas palavras, toda uma preocupação diferente de qualquer demonstração de “afeto” – se é que podemos mesmo chamar assim – que ela já viu e ouviu dentro dos muros do bairro Hyuuga. Mas é normal quem se preocupa também se enraivecer com o que quer que seja? Dizemos, porque é bem isso que o tom da voz de Köinzell vai deixando cada vez mais evidente.

– N-não estão me tratando como propriedade, Köi. – a azulada murmura. – É regra do clã - eu te contei já - que isso aconteça com quem é da família secundária.

...e, por mais que não queira mais mentir para o amigo ou mesmo esconder alguma coisa dele, Angell não tem a mínima intenção de incomodá-lo, ainda mais a ponto de enraivecê-lo, como parece estar fazendo.

– Não sei se existe... – ela torna. – não sei muito sobre o selo, nem sobre outras coisas muito específicas do clã. M-mas eu acho que isso é uma vantagem para mim, sabia?, porque, se eles não se lembram muito de mim... e-então eu também não sou assim tangível a eles. S-se é que você me entende...

Eu vi dois caminhos, e criei outro entre eles.

Dito
Estudante
Estudante
Ver perfil do usuário

[RP] Destinos Empty Re: [RP] Destinos

em 29.12.18 22:59
INDIFERENTE AO MUNDO
Angell tentava acalmar o Uchiha com palavras diferentes e um ponto de vista peculiar. Köinzell balançou a cabeça suavemente e de forma negativa. — Isso não importa por agora, o que me diz sobre irmos pesquisar sobre selos e técnicas? Estamos na academia e em breve precisaremos passar pelo teste.  — O mancebo mudou o foco, atendendo a súplica da hyuuga e uma tentativa de ficar mais íntimo de selamentos


Mas lembrou da completa indiferença que sente em relação a vila, e do por que não se preocupar em saber dos lugares. — O que acha melhor, academia ou biblioteca? — Passou a responsabilidade da escolha para a menina, não se importando de fato para onde irão.


HP: 1O/1O | CH: 15/15 | ST: OO/O5



"O mundo inteiro é um saco de merdas se rasgando. Não posso salvá-lo. Sei que nos movemos em direção à miragem, nossas vidas são desperdiçadas, como as de todo mundo. Eu sei que nove décimos de mim já morreram, mas eu guardo o décimo restante como uma arma."




Informações:
Considerações:
Bolsas:
Equipamentos:

Angelise
Genin
Genin
Ficha Ficha : Hyuuga Angelise
Vila Vila : União do Fogo
Ver perfil do usuário

[RP] Destinos Empty Re: [RP] Destinos

em 31.12.18 5:02

Angell  Hyuuga

[ HP: 10/10 | CH: 10/10 | ST: 05/05 ]

O balançar negativo da cabeça de Köinzell, somado às palavras (de novo) difusas dele fazem a azulada soltar um pequeno suspiro aliviado. De tudo que ela comentava, ou ele não entendeu o que ela quis dizer por último ou só entendeu quão desconfortável o assunto é para ela; de uma forma ou de outra, ele próprio, sem qualquer intervenção ou pedido direto de Angell, torna a desconversar, sendo que isso era tudo que ela mais precisava no momento.

E, como Köinzell bem aponta, agora ele e a azulada estão devidamente matriculados na academia ninja, fazem parte de uma turma de novos aspirantes. Mas as aulas dessa dita turma já não começaram? Então, e em outras palavras, os dois amigos não estão atrasados logo no primeiro dia de sua jornada? ...e, que Angell saiba, e também como Köinzell bem apontou antes, por culpa dela própria, que escolheu se distrair com sua caminhada até o centro da vila ao invés de ir direto ao encontro dele.

– Academia. – ela responde enfim, voltando a carregar sua voz com um tom frustrado. – Podemos ir até a biblioteca também, mas acho melhor só depois de descobrirmos o que poderemos procurar lá.

Angell sorri discretamente para o amigo, mas, sem esperar para saber se ele chega a notar o nuance mínimo do seu gesto, vira-se de costas para ele e começa a andar na direção da academia, chamando-o consigo. Porém, logo se apressa, em instantes passando a correr pela vila, para chegar mais depressa ao seu destino. Vez ou outra dá uma olhadela para trás, para se assegurar de que está mesmo sendo seguida por Köinzell.

Eu vi dois caminhos, e criei outro entre eles.

[RP] Destinos Empty Re: [RP] Destinos

em 31.12.18 13:44
@
Conteúdo patrocinado

[RP] Destinos Empty Re: [RP] Destinos

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum

Parceiros

Informações